Brasil disputa torneio amistoso de handebol na Romênia

A seleção brasileira feminina de handebol inicia nesta sexta-feira (20) a disputa do Troféu Carpati, em Cluj-Napoca, Romênia, ao lado de mais três equipes da elite da modalidade: as donas da casa, Alemanha e Suécia. O torneio será mais um testa para as principais competições do ano: os Jogos Pan-americanos Toronto 2015, em julho, e o Mundial da Dinamarca, em dezembro, quando o Brasil defende o título conquistado em 2013.

O Brasil faz sua estreia na sexta-feira, contra a Romênia, logo após a partida entre Alemanha e Suécia. No sábado, será disputada a final entre os vencedores da primeira rodada, enquanto os perdedores brigarão pela terceira posição.

Uma das vantagens do Brasil é contar com seis “espiãs” que atuam em clubes romenos. No Baia Mare, a ponta direita Alexandra Nascimento e a goleira Bárbara Arenhart e, no Bucarest, a goleira Mayssa Pessoa, a central Ana Paula Rodrigues, a armadora Deonise Fachinello e a ponta esquerda Fernanda França.

“Esta fase vai ser bem interessante para nós, pois vamos jogar com seleções bem fortes. As seis jogadoras que atuam aqui na Romênia estão em casa e isso é muito bom. Estamos empolgadas com a fase de treinamento e, principalmente, por ela ser seguida do torneio, que é mais emocionante”, disse Alexandra Nascimento.

A seleção brasileira feminina chegou na Romênia no domingo passado e aproveitou a semana para acertar os últimos detalhes para o torneio.

“Poderemos testar nos jogos o que estamos treinando com o nosso técnico Morten Soubak. Não estaremos completas, pois, infelizmente, nossa melhor do Mundo, Eduarda Amorim, a central Mayara Fier e a armadora Amanda Andrade não poderão fazer parte desta fase por lesão. Mas, como sempre, entraremos em quadra para dar nosso melhor, sem esquecer que é mais uma fase para nos prepararmos para o Mundial”, finalizou Alexandra.

Informações Comitê Olímpico Brasileiro (COB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *