WWE promove o Extreme Rules

Neste domingo (26), aconteceu na cidade de Illinois (EUA), no Allstate Arena um dos melhores eventos do universo WWE, o Extreme Rules. Para quem não conhece, o WWE é um programa de lutas coreografadas – o estilo “telecatch” para os mais velhos entenderem – onde todas o enredo é coreografado e roteirizado. O Extreme Rules é um dos 12 eventos agendados para esse ano, e contou com combates intensos e um desfeche inacreditável. Foram 8 lutas na noite e, entre elas, 4 decidiam títulos.

A primeira luta contou com um confronto entre insanos. Dean Ambrose enfrentou o gigante Luke Harper (na Chicago Street Fight) em uma luta confusa pois, após vários tacos de madeira e algumas cadeiras serem usadas, os dois continuaram a luta até os bastidores onde Harper entrou em um carro, na tentativa de fugir, mas Ambrose ‘mergulhou’ pelo vidro e saíram sem deixar definido o vencedor.

A segunda luta foi entre ‘Celtic Warrior’ Sheamus e Dolph Ziggler no combate ‘Kiss my Arse’ (beije meu traseiro) um nome autoexplicativo se tratando da penalidade que o perdedor iria sofrer. Sheamus dominou a luta, porém por descuido, teve um contra golpe e acabou perdendo o combate na contagem de três, sendo assim, teria que dar um beijo singelo no traseiro de Ziggler.

Mas, quem conhece o ‘The Great White’ sabia que ele não deixaria barato e, quando todos pensavam que ele realmente ia cumprir o dever, ele atacou Ziggler com um golpe baixo e o nocauteou. Mesmo com a luta encerrada, Sheamus pegou o microfone e disse que, como havia prometido ao público, faria Ziggler beijar seu traseiro. E foi o que fez, com Ziggler caido no chão, o Guerreiro Celta faz com que Dolph sofra uma das cenas mais humilhantes no ringue.

A terceira luta decidiu o cinturão de duplas que, depois de muito tempo, saiu das mãos de Cesaro e Tyson Kidd e foi para as mãos dos novos campeões Kofi Kingston e Big E (ambos integrantes do grupo New Day), após uma distração de Cesaro. Durante a entrevista dos novos campeões de dupla, algo fora do comum acontece. Ambrose e Harper voltam ao estádio para finalizar o que foi a primeira luta da noite que, após mais cadeiras serem usadas, define Dean Ambrose vencedor.

A quarta luta, também para decidir cinturão, foi entre o campeão John Cena que tentava proteger o título de United States Champion contra o tanque de guerra Rusev. A luta se baseou no estilo “Russian Chain” (onde os dois lutadores são acorrentados pelos pulsos e precisam tocar os quatro corners para garantir a vitória). E John Cena levou a melhor, mantendo o título de campeão.

A atual campeão das divas, Nikki Bella, com uma ajuda da irmã Brie Bella, assegurou seu título na quinta luta da noite contra a desafiante Naomi em um combate de se tirar o chapéu.

Com o intuito de resolver assuntos pendentes, a sexta luta da noite foi um confronto entre o ‘The Giant’ Big Show e Roman Reings, que resolveram levar ao todo 7 mesas, incluindo as dos comentaristas. No final, Reings conseguiu colocar o gigante para dormir, na Last Man Standing, e assegura a vitória. A sétima luta foi um confronto bônus, onde o novato Bo Dallas apareceu, começou a ofender todos os espectadores, mas foi rapidamente calado por Ryback.

Após todos esses belíssimos e emocionantes confrontos, ainda chegaria a vez da luta principal. Seth Rollings, o atual campeão mundial dos pesos-pesados da WWE, encararia o ‘The Viper’ Randy Orton. Em uma luta na jaula, sob a supervisão do demônio Kane, onde Orton foi proibido de usar o golpe que é sua marca registrada, o “R.K.O”. Após várias tentativas de fuga de Rollings, Orton parecia com a luta nas mãos, até Kane resolver interferir aplicando um Suplex no Víbora e, surpreendentemente, fazer o mesmo com Rollings. Com Orton e Rollings no chão, Kane deu o trabalho como encerrado e pôs o corpo de Seth Rollings em cima do de Randy Orton para a contagem, mas quando o juiz se aproximou do 3, Orton conseguiu se livrar e contra-atacou Kane com o tão esperado R.K.O, mas descuidou-se e acabou sofrendo o mesmo ataque pelo seu adversário. E mais uma vez, Seth Rollings consegue manter-se campeão.

Douglas Partica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *