Atlético perde em Campinas; Coritiba vence bicampeão brasileiro

Atlético e Coritiba entraram em campo na tarde deste domingo (28). O Furacão buscava reassumir a ponta da tabela, perdida para o Sport, que tropeçou na tarde do sábado (27), mas acabou derrotado por 2 a 1, de virada. O Coritiba buscava voltar a vencer no campeonato após 6 rodadas em jejum e, para isso, contava com a estreia de Kleber Gladiador, justamente contra o Cruzeiro, equipe em que Kleber fez história, e atual campeão brasileiro. Quem brilhou na partida, entretanto, foi Rafhael Lucas, que saiu do banco para marcar o único gol da partida, em que o Coxa saiu vencedor por 1 a 0. Na foto, do site oficial do Coritiba, Rafhael Lucas comemora o gol com seus companheiros.

Em Campinas, Furacão perde tabu e sai do G-4

Sem Weverton, suspenso pelo terceiro amarelo recebido no AtleTiba, mas contando com o retorno de Marcos Guilherme, vice-campeão com a seleção sub-20, e com Nikão, que voltada de suspensão, o Atlético entrou em campo em busca de reassumir a liderança do Brasileirão. E foi Nkão, um dos destaques do rubro-negro na competição, o responsável por abrir o placar da partida.

O meia lançou Eduardo e se infiltrou na grande área para receber e completar o cruzamento do lateral atleticano. Ele pegou de primeira, marcando belo gol no Moisés Lucarelli. Aos 29, entretanto, a Ponte empatou, com o destaque da equipe na competição. Biro Biro, o nome do jogo, entrou na área, viu a passagem de Renato Cajá e lançou na medida para o camisa 10 dominar e encher o pé na saída de Santos.

No segundo tempo, Biro Biro voltou a aparecer. Ele lançou Felipe Azevedo, que entrou por dentro da defesa e tocou por cobertura para virar o placar. O Atlético, do técnico Milton Mendes, foi a campo com Santos; Eduardo (Felipe), Gustavo, Ricardo Silva e Natanael; Otávio, Hernani (Cléo), Marcos Guilherme e Nikão; Ytalo (Edgar Junio) e Walter.

Com o resultado, o Furacão caiu para sexta colocação com os mesmos 16 pontos e chegou a três partidas sem vitória no Brasileirão. O resultado marcou também a quebra de um tabu: o Atlético não perdia para a Ponte no Moisés Lucarelli há 17 partidas.  Na próxima partida, o Atlético receberá o São Paulo, em partida marcada para a próxima quarta-feira (01), às 22 horas.

Na estreia de Kleber, cria da base dá a vitória ao Coritiba

O primeiro tempo foi de mais marcação e cartões amarelos. Foram cinco cartões no total, três para o lado Coxa-Branca e dois para o ladro cruzeirense. As duas melhores chances do primeiro tempo foram da equipe da casa. Aos 18, Henrique cruzou, Esquerdinha raspou de cabeça e Manoel cabeceou contra o patrimônio. A bola passou perto.

Aos 36, após bela troca de passes, a bola sobrou para Kleber na entrada da grande área. Ele dominou e chutou forte, para bela defesa de Fábio. No rebote, Manoel jogou a bola para escanteio. Para segunda etapa, as equipes voltaram sem alterações. Aos 11, entretanto, entrou em campo o responsável por dar a vitória ao alviverde. Rafhael Lucas substituiu Kleber. 6 minutos depois, o artilheiro Coxa-Branca foi para as redes.

Após pegar a sobra de Thiago Galhardo, Rodrigo Ramos cruzou e Rafhael Lucas subiu entre os zagueiros para cabecear forte e tirar Fábio do lance. Um a zero e festa nas arquibancadas. O jogo prosseguiu com o Coritiba dominando as ações, e terminou mesmo com a vitória alviverde. Apesar do resultado, o Coritiba segue na décima oitava colocação do Brasileirão, agora com 7 pontos.

O Coxa foi a campo com Bruno; Rodrigo Ramos, Luccas Claro, Leandro Silva e Henrique; Helder, Lúcio Flávio, Esquerdinha e Thiago Galhardo (Rodolfo); Marcos Aurélio (Paulinho) e Kleber (Rafhael Lucas). Na próxima rodada, o verdão enfrentará o Atlético Mineiro, em partida marcada para quarta-feira (01), às 21 horas. O jogo acontecerá na Arena Independência.

Osmar Murbach Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *