Jejum: Coritiba joga mal e amarga empate sem gols frente à Ponte Preta

O Coritiba chegou ao segundo empate consecutivo sem gols atuando diante da sua torcida no estádio Couto Pereira. Na noite desta quarta-feira (08), os comandados de Ney Franco voltaram a apresentar uma atuação pífia, sem inspiração, sem criatividade e demonstrando a clara falta de entrosamento. A Ponte, que não tinha nada a ver com isso, foi eficiente, esperou o Coritiba e foi perigoso nos contra-ataques no primeiro tempo. O segundo tempo foi coxa-branca. A foto é de Giuliano Gomes, da Folha Press.

O Jogo

Buscando reagir no Brasileirão, o Coritiba entrou em campo e demonstrava nervosismo. Os jogadores, principalmente do meio de campo e das laterais erravam passes de dois metros ou menos, o que irritava a torcida e facilitava as ações defensivas da equipe da Ponte Preta. A Macaca, liderada por Renato Cajá que voltava de lesão, era astuta: se defendia com cautela e arriscava nos contra-ataques.

O primeiro tempo foi da Ponte. Aos 6, Diego Oliveira fez grande jogada, passou por toda marcação alviverde e arriscou o chute. A bola beijou a trave e a rede, pelo lado de fora. Aos 25, Renato Cajá lançou Biro Biro que, livre, penetrou na grande área e chutou na saída de Wilson, que salvou o Coritiba. Aos 33, Felipe Azevedo recebeu, arrumou o corpo e soltou uma bomba, que carimbou o travessão de Wilson.

Para o segundo tempo, o Coritiba voltou a campo com Norberto na vaga do jovem Rodrigo Ramos. A alteração pareceu surtir efeito e, aos três minutos, o ala fez boa jogada e cruzou para Marcos Aurélio, que dominou e chutou fraco, facilitando a vida de Marcelo Lomba. Aos 8, Marcos Aurélio tentou voleio após novo cruzamento de Norberto, mas acertou as costas de Pablo, que salvou o que seria o primeiro gol coxa-branca.

Aos 14, Rafhael Lucas foi lançado, disparou em velocidade e tentou driblar Lomba. O goleiro se recuperou e desarmou o artilheiro coxa na temporada com a perna direita. Aos 32, Pablo salvou a Ponte novamente. Paulinho, que entrou na vaga de Rafhael Lucas chutou de esquerda e, no rebote de Lomba, Marcos Aurélio chutou forte, mas o zagueiro da Macaca se jogou na bola para salvar a equipe de Campinas.

Com o resultado de 0 a 0, o Coritiba segue na zona de rebaixamento, agora com 9 pontos, na 18ª colocação. Na próxima rodada, o verdão encara o São Paulo, no Morumbi. A bola rola no próximo domingo (12), às 11 da manhã. A Ponte Preta, por sua vez, segue em décimo, com 17 pontos. Na próxima rodada, a Macaca receberá o Atlético Mineiro. A partida está marcada para o próximo sábado (11), às 21 horas.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro – Série A

Coritiba 0 x 0 Ponte Preta

Estádio: Couto Pereira

Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos (Norberto), Luccas Claro, Leandro Silva e Henrique; Alan Santos (Misael), Lúcio Flávio, Esquerdinha e Thiago Galhardo; Marcos Aurélio e Rafhael Lucas (Paulinho)

Técnico: Ney Franco

Ponte Preta: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Juninho e Renato Cajá (Léo Costa); Biro Biro, Diego Oliveira (Borges) e Felipe Azevedo (Cesinha).

Técnico: Guto Ferreira

Arbitragem: Péricles Bassols auxiliado por Rodrigo F. Henrique Correa e Luiz Claudio Regazone.

Osmar Murbach Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *