Evento teste de vela acontece na Baía de Guanabara

Penúltima oportunidade dos velejadores disputarem uma competição na Baía de Guanabara antes dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o evento-teste Aquece Rio Regata Internacional de Vela começa neste sábado com a promessa de uma intensa disputa entre brasileiros e estrangeiros. Serão 339 atletas, de 52 países, brigando por um lugar no pódio até o próximo dia 22. O Brasil será representado por 15 velejadores nas dez classes do programa olímpico.

“Estamos bem preparados para o evento-teste. O Aquece Rio será um ótimo ensaio para o que teremos nos Jogos Olímpicos. Teremos a equipe concentrada em um mesmo lugar e isso já vai proporcionar um pouco mais do clima da Olimpíada”, afirmou o coordenador técnico da Confederação Brasileira de Vela (CBVela), Torben Grael, dono de cinco medalhas olímpicas.

No evento-teste, a equipe brasileira de vela será formada por Robert Scheidt (Laser), Fernanda Decnop (Laser Radial), Ricardo Winicki, o Bimba (RS:X masculino), Patricia Freitas (RS:X feminino), Henrique Haddad e Bruno Bethlem (470 masculino), Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan (470 feminino), Marco Grael e Gabriel Borges (49er), Martine Grael e Kahena Kunze (49erFX), Jorge Zarif (Finn) e Samuel Albrecht e Isabel Swan (Nacra 17).

A competição na Baía de Guanabara servirá de termômetro para a preparação para os Jogos Olímpicos. No evento-teste do ano passado, o Brasil conquistou uma medalha, o ouro com Martine e Kahena.

“O resultado é sempre bom para ver como estamos. Mas resultado não é só medalha. Ano passado, conquistamos uma, mas tivemos várias classes na regata da medalha. Isso quer dizer que tínhamos várias chances. E esse é o nosso maior objetivo: chegar aos Jogos Olímpicos com o maior número de classes em condições de disputar a regata da medalha”, finalizou Torben.

Da Redação

Fonte: Confederação Brasileira de Vela (CBVela)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *