Não precisa ser tão complicado

 

Muitas pessoas tratam o amor como algo complicado, impossível de acontecer. A mulher sempre busca o príncipe encantado, mas acaba nos braços do canalha que na primeira oportunidade põem um belo par de chifres nela. O homem procura uma mulher amável, que compreenda e não ache feio o romantismo, que ainda goste de surpresas, mas sempre acaba se iludindo e vendo sua paixão acabar quase sempre nos braços do canalha revestido de príncipe.

Por que o amor é tão complicado? Por qual motivo nunca olhamos direito para aquela menina que te surpreende sempre e está ao seu lado em todos os momentos?  Nós não olhamos o amor de uma maneira mais simples, por que temos sempre que querer estar nos braços daqueles que não nos querem, enquanto vários meninos e meninas estão ali, pronto para te fazer a mulher e o homem mais feliz do mundo? Não precisa ser tão complicado, não devemos ter medo de se entregar, devemos arriscar. A vida é feita de riscos. Não é verdade? O ser humano tem esse dom de ficar dando desculpas para não viver um grande amor.

Chega de desculpas, de enrolação. Arrisque-se, dê valor para aquele que tanto te quer bem. O que de pior pode acontecer? Não dar certo? Já não deu tantas outras vezes. Se apaixonar? Bom, aí não vai ser pela menina que acaba nos braços do príncipe canalha e vice-versa. O amor é o sentimento mais complicado de se sentir. Mas nós não precisamos ser tão complicados quanto ele. Aquele cara que sempre fez de tudo para te conquistar é o primeiro a estar ali para te consolar quando seu coração se partir. Mas, talvez ele possa estar em outros braços e verá naquele instante que ele era seu grande amor. Pronto, perdeu a chance, vai se perguntar o por quê? E a resposta vai ser: você complicou demais, teve medo. Um dia seu telefone pode tocar, será ele, dizendo que sente saudade da sua amizade.

Mas você vai sentir falta do carinho que ele te dava e que você nunca encontrou em nenhum amor. É triste, mas complicamos a vida quando ela é tão fácil. Não tenhamos medo de amar. Vamos viver a vida como ela tem de ser vivida. Só sofre quem quer, só parte o coração quem não dá valor ao que está ali a dois metros de você, ou sempre fazendo você sorrir com um bom dia clássico, afinal, foi de você que ele ou ela lembrou ao acordar, quer mais o que?

Ame mais, viva mais, sorria, permita-se ser feliz. Afinal de contas, muito melhor aqueles que estão ali do seu lado faça frio, chuva ou no terremoto, do que aqueles que só estão ali para saciar uma vontade. Vamos amar mais. É disso que a vida é feita, e acredite, se arriscar será o maior bem que terá feito. Ele pode não ser aquele que seu coração bate mais forte, mas é o príncipe que foi procurar em outros braços que te magoaram. Ela pode não ser a menina doce, fácil de ser compreendida, mas é aquela que tem todas as qualidades que você sempre procurou. Nosso grande amor pode estar aqui do nosso lado. Por isso, olhe para o lado, veja as oportunidades que a vida te dá. E no fim, seja feliz enquanto dure.

Felipe Andrade

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *