Agenda olímpica

jorge

Pan-Americano de Judô, vagas definidas no tiro com arco e no badminton e chaves olímpicas definidas para o handebol e para o hóquei na grama são os destaques da semana

ATLETISMO
No tradicional prêmio Penn Relays nos Estados Unidos, o Brasil conseguiu sair com medalhas em uma das últimas competições preparatórias para os Jogos Olímpicos. No revezamento 4x400m, Pedro Burmann, Wagner Cardoso, Lucas Carvalho e Hugo Souza levaram o bronze, atrás apenas das duas equipes norte-americanas. No lançamento de dardo, Julio Cesar de Oliveira levou o ouro, com a marca de 75,07m. Ainda competiram no arremesso de disco, Fernanda Borges, que levou o bronze, além de Ronald Julião, que decpcionou, tendo apenas o sétimo posto.

BADMINTON
No Pan-Americano da modalidade, disputado na cidade de Campinas, o Brasil conseguiu sair com medalhas da competição. Sendo que a prata conquistada pela equipe nacional (jogos masculinos, feminino, além das duplas simples e mistas), quando foi derrotada pelo Canadá por 3 a 2 na final. Além dessa conquista, Artur Pomoceno também conquistou a prata no individual masculino (Alex Tjong foi bronze). No feminino, Paloma da Silva foi bronze. E para fechar, Felippe Fonseca e Igor Ibrahim também conseguiram o terceiro posto. E outra novidade nesse desporto foi a confirmação de Ygor Coelho e Lohaynny Vicente como os representantes nacionais nos Jogos Rio 2016, sendo que Lohaynny ainda pode conquistar sua vaga como duplista ao lado da irmã Luana, visto que no momento estão apenas cinco posições do ranking olímpico.

ESGRIMA
No final do evento teste da esgrima para os Jogos Olímpicos o Brasil não conseguiu bons resultados. No sabre masculino a equipe foi derrotada ainda na estreia para a Georgia, enquanto que no florete feminino as brasileiras sucumbiram na segunda rodada perante a França. Nesse próximo domingo (8), ocorre o Torneio Cidade de Curitiba e nele serão definidas as últimas 11 vagas para a seleção nacional da modalidade (Nathalie Moellhausen e Renzo Agresta, além da seleção masculina já estão garantidas na competição).

GINÁSTICA ARTÍSTICA
Na etapa da Copa do Mundo de Osijek, na Croácia, o Brasil saiu pela primeira vez sem medalhas em uma disputa da competição. Carolyne Pedro até chegou na final no solo e na trave, mas ficou em sexta e sétimo lugar respectivamente. Além da competição, a seleção também definiu os atletas que irão participar da Etapa de São Paulo da Copa do Mundo, nos próximos dias 20, 21 e 22 de maio, sendo que essa competição será a última com a formação completa antes da Olimpíada. As mulheres serão representadas por Jade Barbosa, Daniele Hypolito, Flávia Saraiva e Rebeca Andrade, enquanto os rapazes terão Arthur Zanetti, Diego Hypolito, Arthur Nory, Caio Souza, Francisco Barreto e Sérgio Sasaki.

GOLFE
Com o pensamento na classificação para os Jogos Olímpicos, os golfistas brasileiros disputam nessa semana alguns torneios, com o objetivo de somarem pontos no ranking olímpico. Lucas Lee irá até os Estados Unidos disputar o Zurich Class, enquanto Alexandre Rocha irá para Indiana disputar outra competição. Mas, quem levaria a vaga nesse momento é o gaúcho Adílson da Silva, que não disputará jogos nessa semana. Já no feminino, tanto Miriam Nagl, quanto Victoria Lovelady estariam pelas suas posições dentro dos Jogos Olímpicos, mas para garantirem essas vagas elas irão até a Suíça para participarem do Swiss Ladies Open. 31 de julho é o dia do fechamento do ranking olímpico.

HANDEBOL
Com o benefício de escolherem suas chaves para os Jogos Olímpicos, as seleções masculina e feminina da modalidade escolheram caminhos opostos na competição. Enquanto as meninas decidiram cair em uma chave mais difícil na etapa inicial (Noruega, atual campeão olímpica, Romênia, Montenegro, Espanha e Angola), os rapazes buscaram um caminho que pudesse auxiliar em uma classificação para a segunda fase (Polônia, Eslovênia, Suécia, Alemanha e Egito). Ainda no sorteio dos grupos foi confirmado que não haverá tecnologia na linha do gol durante a competição.

HÓQUEI SOBRE A GRAMA
Quem também conhece seu caminho nos Jogos Olímpicos é a seleção masculina da modalidade. Os adversários serão a Espanha (inclusive, a de sua estreia em 6 de agosto), Bélgica, Grã-Bretanha, Nova Zelândia e Austrália. Vale lembrar que os quatro primeiros de cada chave passam para as quartas de final. A seleção feminina nacional por critérios técnicos não irá disputar a competição.

JUDÔ
O Pan-Americano de Havana em Cuba foi metálico para o Brasil. Nada menos que 17 medalhas vieram para casa, sendo que todos os atletas que foram para a ilha caribenha subiram ao pódio. Felipe Kitadai, Sarah Menezes (que bateu a campeã mundial, Paula Pareto na final), Charles Chibana, Mariana Silva, Erika Miranda, Tiago Camilo e Rafael Silva levaram o ouro. Já Mayra Aguiar (que continua em disputa acirrada com a norte-americana Kyla Harrisson na categoria), David Moura (que perdeu a final para Baby), Maria Suelen Altheman e Alex Pombo ficaram com a prata, enquanto Eric Takabatake, Nathalia Brigida, Rafaela Silva, Victor Penalber, Luciano Correa e Rochele Nunes levaram o bronze. Além dessa competição, o time nacional também venceu o Canadá por 7 a 0 pelo Desafio Internacional, sendo que grande parte dessa seleção foi formada por atletas com menos de 21 anos. Daniel Cargnin (66kg), Gabriel Pinheiro (66kg) Lincoln Neves (73kg), Giovani Ferreira (81kg), Jéssica Pereira (52kg), Jéssica Lima (52kg) e Giovana Pernoncini (57kg) representaram o esquadro nacional na disputa.

TÊNIS
Outra semana sem títulos para o tênis nacional. No ATP 250 de Munique, Thomaz Bellucci chegou a conseguir alcançar a segunda rodada, mas parou no croata Ivan Dodig (7/9, 6/3) e passa mais um torneio sem vencer dois jogos seguidos (desde Quito, em fevereiro). No mesmo torneio, Marcelo Melo ao lado do holandês Jean Julier-Roger caíram na estreia contra Olivier Marach e Fabrice Martin (duplo 6/4). Para fechar o giro, Teliana Pereira não conseguiu superar a segunda rodada do WTA de Rabat, no Marrocos. Sua algoz foi a sueca Johanna Larsson (duplo 6/4). Teliana no último domingo (1) iniciou sua campanha no Premier de Madri e mais uma vez foi derrotada, dessa vez pela norte-americana Sloane Stephens (3/6, 6/3, 6/2).

TIRO COM ARCO
No último final de semana foram definidos quatro dos seis representantes nacionais na modalidade. A jovem estrela, Marcus Vinícius D’Almeida mostrou o porque de estar entre os favoritos ao pódio olímpico. Com a marca de 671 pontos, eles quebrou seu próprio recorde nacional e com a nota teria vencido o mundial do ano passado, no qual ele foi medalha de prata. Além de Marcus, Bernardo Oliveira, Ana Marcelle dos Santos e Sarah Nikitin garantiram vaga para os Jogos Rio 2016 nessa disputa. As outras duas vagas serão definidas pela Confederação Brasileira de Tiro com Arco (CBTArco)

VELA
Na Etapa da Copa do Mundo de Hyères, França, o Brasil conquistou duas medalhas de pratas com Fernanda Oliveira e Ana Luíza Barbachan (470) e Martine Grael e Kahena Kunze (49er FX). Patrícia Freitas (RSX) e Jorge Zarif (Finn) também competiram no último final de semana, ficando em nono e sexto lugar respectivamente.

VÔLEI DE PRAIA
A atleta Maria Elisa, que fazia parte do esquadro reserva da seleção nacional, foi pega em exame anti-doping pelo uso do diurético hidroclorotiazida, sendo assim suspensa preventivamente, mesmo tendo pedido a contraprova do exame. Até o julgamento, Maria Elisa ficará afastada das competições com Juliana, sua parceira até a denúncia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *