Com vitória arrasadora sobre Belfort, Jacaré pede disputa por cinturão dos médios

Por: Aline Reis do site Mulheres Loucas Por MMA especial para o Conexão News

Foto: Divulgação/UFC 

Na edição 198 do UFC em Curitiba o combate entre os brasileiros Ronaldo Jacaré e Victor Belfort (segundo e terceiro do ranking dos médios, respectivamente) era um dos mais esperados pelos fãs, e toda a expectativa foi correspondida pelo show dado por Ronaldo Jacaré, que venceu por nocaute técnico Belfort.

Na Arena da Baixada a maior parte da torcida era favorável a Jacaré. Durante os eventos ao longo da semana Belfort chegou a ser vaiado pelos fãs por conta da rivalidade com o curitibano Anderson Silva, que por motivos de saúde não estava no card.

Nesta luta, a vitória aproximaria a disputa pelo cinturão do vencedor e por isso ambos os lutadores entraram dispostos a dar o melhor de si. Jacaré é dono de um cartel de 23 vitórias, sendo três nocautes (contando com o de hoje) e 16 finalizações. Já Belfort, que há 20 anos é astro das artes marciais mistas, tem 25 vitórias, três por finalização e 18 por nocaute.

O histórico parecido, porém, não pesou dentro do octógono e Jacaré dominou a luta. Logo no início uma cotovelada provocou um ferimento profundo em Belfort que sangrou durante todo o combate, e, quando foi levado para o chão acabou dominado por Jacaré, que encerrou o combate com um nocaute técnico aos 4:38 do primeiro round.

“Foi impressionante, realmente especial. Dei meu máximo e, graças a Deus, venci. Uma vitória muito grande, muito importante. Eu falei que não ia decepcionar a torcida. O próximo passo é o cinturão, com certeza”, declarou Jacaré.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *