Sem ser ameaçado, Rosberg vence na Rússia

CASSIO BIDA
Nico Rosberg segue imbatível na temporada 2016 da Fórmula 1. O alemão venceu, de ponta a ponta, o Grande Prêmio da Rússia e segue firme na liderança do campeonato. A vantagem sobre o segundo colocado, o companheiro de equipe e tricampeão Lewis Hamilton, é de 43 pontos. Hamilton e Kimi Raikkonen completaram o pódio da corrida.
O grid teve uma modificação importante. Por ter trocado o câmbio ainda na sexta-feira, Sebastian Vettel perdeu cinco posições e caiu do segundo para o sétimo lugar. Sem a presença do piloto da Ferrari na primeira fila, Rosberg conseguiu pular na frente com facilidade e não teve, em nenhum momento, a liderança ameaçada.
Mais atrás, no bolo da turma, Sebastian Vettel foi tocado na traseira por duas vezes pelo russo Daniil Kvyat da Red Bull. No primeiro toque, o pneu traseiro direito foi furado. E no segundo, após a desaceleração do piloto da Ferrari, a rodada e a batida na curva 3. Fim de prova para o ferrarista e Safety Car na pista. Kvyat ainda foi punido com um Stop and Go e ficou parado por 10 segundos nos boxes, comprometendo de vez a chance de conquistar pontos em casa.
Ainda na largada, Esteban Gutierrez da Haas e Nico Hulkenberg da Force India se estranharam. Pior para o alemão da Force India que abandonou a corrida sem sequer ter completado uma volta. Gutierrez teve de trocar o bico nos boxes e também teve a corrida comprometida.
Lewis Hamilton, que havia largado no décimo lugar, ganhou cinco posições com toda a confusão e dava a impressão de estar de volta à corrida. Logo na relargada, na volta 4, superou Felipe Massa e ganhou a quarta posição. Três voltas depois estava em posição de pódio ao ultrapassar Kimi Raikkonen e foi à caça de Valtteri Bottas.
A partir daí, Hamilton sofreu para conseguir superar o finlandês da Williams. O atual campeão conseguiu ganhar a posição de Bottas apenas na volta 19, após ambos pararem para a troca de pneus. Mas o dono da Williams 77 não vendeu fácil a posição e ainda conseguiu ficar à frente do inglês da Mercedes após a troca de pneus. A resistência não durou muito e logo Hamilton abriu passagem deixando Bottas e Fernando Alonso da McLaren para trás.
As manobras deixaram Hamilton na segunda posição. O inglês ainda tentou se aproximar de Rosberg se aproveitando do alto tráfego na pista devido aos retardatários, mas por conta  de problemas na pressão de água do motor teve de segurar o ritmo e se contentar com o segundo lugar no pódio.
A McLaren voltou a andar nos pontos. Após boa performance do piloto reserva Stoffel Vandoorne no Bahrein, Alonso e Button finalmente conseguiram pontuar no campeonato. Alonso terminou em sexto e Jenson Button, após boa briga com Carlos Sainz Jr. da Toro Rosso, chegou em décimo.
Entre os brasileiros, Felipe Massa conseguiu andar como pôde com a Williams e fechou a corrida na quinta posição, logo atrás do companheiro Valtteri Bottas. Já Felipe Nasr até tentou, mas não conseguiu extrair o máximo da sua Sauber e ficou apenas em 16º.
A Fórmula 1 volta a se reunir daqui a duas semanas em Barcelona para o Grande Prêmio da Espanha, quinta prova do campeonato, que acontecerá no dia 15 de maio.
Confira o resultado final do GP da Rússia
1. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 53 voltas 1h 32m 41.997s
2. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes +25.022s
3. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari +31.998s
4. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes +50.217s
5. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes +1m 14.427s
6. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda +1 lap
7. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault +1 lap
8. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari +1 lap
9. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +1 lap
10. Jenson Button ING McLaren-Honda +1 lap
11. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari +1 volta
12. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault +1 volta
13. Jolyon Palmer ING Renault-Renault +1 volta
14. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari +1 volta
15. Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault +1 volta
16. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari +1 volta
17. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari +1 volta
18. Pascal Wehrlein ALE Manor-Mercedes +2 voltas
Abandonos:
Max Verstappen HOL Toro Rosso-Ferrari 34 voltas completadas
Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 0 voltas completadas
Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 0 voltas completadas
Rio Haryanto INA Manor-Mercedes 0 voltas completadas
Campeonato de Pilotos
1º Nico Rosberg 100
2º Lewis Hamilton 57
3º Kimi Raikkonen 43
4º Daniel Ricciardo 36
5º Sebastian Vettel 33
6º Felipe Massa 32
7º Romain Grosjean 22
8º Daniil Kvyat 21
9º Valtteri Bottas 19
10º Max Verstappen 13
11º Fernando Alonso 8
12º Kevin Magnussen 6
13º Nico Hulkenberg 6
14º Carlos Sainz 4
15º Sergio Perez 2
16º Stoffel Vandoorne 1
17º Jenson Button 1
Campeonato de Construtores
1º Mercedes 157
2º Ferrari  76
3º Red Bull 57
4º Williams 41
5º Haas 22
6º Toro Rosso  17
7º McLaren 10
8º Force India 8
9º Renault  6
10º Sauber 0
11º Manor 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *