Brasileiros estão em oito finais na Copa do Mundo de Ginástica Artística

da-redacao-e1458842060344

 

 

 

A seleção brasileira de ginástica artística segue fazendo bonito em sua última competição antes dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A equipe está em oito finais da etapa de Anadia da Copa do Mundo da modalidade, em Portugal. As disputas por medalhas acontecem neste fim de semana.

Nesta sexta-feira (24), pelo masculino, Sérgio Sasaki somou 14,675 no salto e avançou para a final na quarta colocação. Logo depois, foi o quinto melhor nas paralelas, com 15,600. Já na barra fixa, o desempenho não foi o esperado. Com 13,100, o brasileiro ocupou a 20ª colocação. Na quinta-feira, o ginasta foi o terceiro no cavalo com alças, com 15,150.

“Estou satisfeito. Ele só teve uma falha na largada da barra fixa, mas foi bem nos outros aparelhos. Para as três finais, vamos tentar manter esse padrão. No salto, talvez a gente aumente a dificuldade no primeiro salto e mantemos o segundo. Gostei bastante da nova série de paralela, em que ele tirou 15,600 de 16,800 de nota de partida”, comentou o técnico-chefe da seleção masculina, Renato Araújo.

Entre as mulheres, outros ótimos resultados, com dobradinha brasileira na liderança da trave e do solo. Flavia Saraiva foi a primeira colocada na trave, com 14,950, e no solo, com 14,150. Rebeca Andrade veio na sequência, em segundo, com 13,750 na trave e 13,800 no solo. Na classificatória de ontem, Lorrane Oliveira ficou em quinto nas barras assimétricas, com 13,500.

“A Rebeca ficou muito tempo sem competir no solo e na trave. Logo na volta nesses dois aparelhos, ela já foi bem. Gostei bastante do solo da Flavia, mas podemos melhorar um pouco mais. A nota foi acima dos 14,000 e isso já mostra que foi uma boa série. Na trave a pontuação foi excelente. Ela não fez a última ligação, mas, mesmo assim, com essa nota ela estaria em uma final olímpica”, avaliou Alexandre Carvalho, um dos técnicos da seleção feminina.

As finais deste sábado serão das 11h às 13h30 (horário de Brasília), com Sasaki no cavalo com alças e Lorrane nas barras assimétricas. No domingo, no mesmo horário, serão as decisões de salto e paralelas com Sasaki, e de trave e solo com Rebeca e Flávia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *