Em treino caótico, Rosberg marca pole com o cronômetro zerado

CASSIO BIDA

Chove, seca e o final das classificações parece o mesmo. A Mercedes fez mais uma dobradinha na Fórmula 1 e vai largar na frente no Grande Prêmio da Hungria. Lewis Hamilton vinha com o melhor tempo até o último segundo, mas teve a pole tomada pelo seu companheiro, Nico Rosberg, que fez uma volta sensacional e marcou a quarta pole na temporada, a 26ª na carreira.

Foi um treino tumultuado. Basta chover e parece que os dirigentes da Fórmula 1 entram em pânico. Pouco antes da sessão de qualificação começar, a chuva caiu forte sobre o circuito de Hungaroring e atrasou o início dos trabalhos em 20 minutos.

Quando os carros saíram para a pista foi um festival de rodadas e a direção de prova optou por paralisar o treino em quatro oportunidades. A primeira foi a 13 minutos do fim do Q1. A chuva piorou e os pilotos não tiveram condição de estabelecer melhores tempos. O fato curioso foi os dois carros da equipe Mercedes estarem de fora da zona de passagem para o Q2.

A segunda interrupção, quatro minutos depois, foi por causa da batida do sueco Marcus Ericsson da Sauber. Na ocasião as Mercedes já estavam em melhor posição e a dupla da Toro Rosso estava de fora. A terceira foi causada pelo brasileiro Felipe Massa que bateu após escapar na curva 4. Ele vai largar apenas na 18ª posição. Fato curioso: Felipe Nasr, da Sauber, liderava a sessão neste momento.

A derradeira interrupção que abreviou o Q1 foi causada pelo indonésio Rio Haryanto da Manor. A 1 minuto e 18 segundos do final, o piloto bateu e encerrou as chances de melhoras nos tempos dos demais pilotos. Além de Massa e Ericsson, as duplas da Renault e da Manor foram eliminadas na primeira parte do treino.

No Q2 a pista foi secando rapidamente a cada volta. Com isso, os tempos foram caindo na mesma proporção. E a liderança alternando a cada instante. No final, melhor para o holandês Max Verstappen da Red Bull que marcou o tempo mais rápido.

Fato curioso do Q2: ambas as McLarens avançaram para a parte final do treino. É a primeira vez que a equipe consegue este desempenho na temporada. Foram eliminados desta parte do treino a dupla da Haas, Daniil Kvyat da Toro Rosso, Sergio Perez da Force India, Kimi Raikkonen da Ferrari e o brasileiro Felipe Nasr. Nasr chegou a andar entre os 10, mas terminou o treino na 16ª posição.

A pista estava praticamente seca no Q3 o que inviabilizou uma loteria na pole position. Com a pista em melhores condições, as Mercedes dominaram os adversários sem dificuldades e foram absolutas na luta pela pole position.

Mas em sua última tentativa, Lewis Hamilton foi atrapalhado por uma bandeira amarela no setor 2. O motivo: uma rodada do espanhol Fernando Alonso que tentava melhorar o seu tempo. Com o cronômetro já zerado, Nico Rosberg conseguiu estabelecer a marca de 1:19.965 e cravou a volta mais rápida do treino e do final de semana.

A polêmica está em que Nico Rosberg não teria tirado o pé no trecho da pista que estava sob bandeira amarela. Ainda não há informações se há uma investigação em andamento, nem sobre uma possível punição. A largada para as 70 voltas do Grande Prêmio da Hungria acontece amanhã, a partir das 9 da manhã no horário de Brasília.

Confira o grid de largada para o GP da Hungria:

  1. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 1m 19.965s
  2. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes 1m 20.108s
  3. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-TAG 1m 20.280s
  4. Max Verstappen HOL Red Bull-TAG 1m 20.557s
  5. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 1m 20.874s
  6. Carlos Sainz ESP Toro Rosso-Ferrari 1m 21.131s
  7. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 1m 21.211s
  8. Jenson Button ING McLaren-Honda 1m 21.597s
  9. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 1m 21.823s
  10. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes 1m 22.182s
  11. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari 1m 24.941s
  12. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Ferrari 1m 25.301s
  13. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes 1m 25.416s
  14. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari 1m 25.435s
  15. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari 1m 26.189s
  16. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 1m 27.063s
  17. Jolyon Palmer ING Renault-Renault 1m 43.965s
  18. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes 1m 43.999s
  19. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault 1m 44.543s
  20. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari 1m 46.984s
  21. Pascal Wehrlein ALE Manor-Mercedes 1m 47.343s
  22. Rio Haryanto IDN Manor-Mercedes 1m 50.189s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *