Hamilton vence, faz história e é o novo líder da temporada

CASSIO BIDA

O inglês Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Hungria, 11ª etapa do Campeonato Mundial de Fórmula 1. Em dez oportunidades que disputou a corrida, é a quinta vez que Hamilton vence em Hungaroring. Com isso ele é o maior vencedor da história do circuito. A vitória de Hamilton encerra o jejum da Mercedes no circuito húngaro, já que nos últimos dois anos Red Bull e Ferrari levaram a prova.

Mais importante que este recorde, porém, é a consequência da vitória. Com o resultado, o inglês do carro 44 assume pela primeira vez na temporada a liderança do campeonato deixando o companheiro de equipe, Nico Rosberg, seis pontos atrás. O alemão, que largou na pole position, terminou a prova na segunda posição. Daniel Ricciardo da Red Bull fechou o pódio na terceira posição.

Como de costume, quando a corrida ocorre em pista seca, o GP da Hungria teve seu momento decisivo ainda nos primeiros metros. Logo na largada, Hamilton acelerou para superar Rosberg. Daniel Ricciardo veio em uma ótima manobra pelo lado externo do traçado, mas acabou espalhando demais. O australiano chegou a assumir por um breve momento a segunda posição. Na curva 2, acabou ultrapassado por Rosberg e ficou pelo terceiro lugar mesmo.

A disputa mais interessante na pista aconteceu apenas faltando 13 voltas para o final. Outra vez os protagonistas foram Max Verstappen da Red Bull e Kimi Raikkonen da Ferrari. O finlandês chegou a fazer uma troca de pneus colocando os compostos supermacios, o tipo de pneu mais rápido disponível para a corrida, e partiu à caça de Verstappen nas voltas finais. Em uma das tentativas, Raikkonen perdeu o spoiler esquerdo do bico ao tocar no pneu direito da Red Bull 33. Apesar das investidas, Verstappen segurou a pressão para garantir o quinto lugar.

As brigas intensas foram mesmo entre Red Bull e Ferrari. Faltando 5 voltas para o fim, foi a vez de Sebastian Vettel tentar ultrapassar Daniel Ricciardo na briga pelo último lugar no pódio. Melhor para o australiano que depois de várias corridas voltou a sorrir. Fernando Alonso, Carlos Sainz Jr, Valtteri Bottas e Nico Hulkenberg completaram a zona de pontuação.

Os brasileiros tiveram atuação bastante apagada. Felipe Nasr terminou na 17ª posição. Felipe Massa teve problemas na direção antes da prova e não conseguiu ir além do 18º lugar. A próxima corrida acontece no domingo que vem. É o Grande Prêmio da Alemanha em Hockenheim, a última corrida antes da pausa para as férias de verão.

Confira o resultado final do Grande Prêmio da Hungria:

  1. Lewis Hamilton GBR Mercedes-Mercedes
  2. Nico Rosberg GER Mercedes-Mercedes
  3. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-TAG Heuer
  4. Sebastian Vettel GER Ferrari-Ferrari
  5. Max Verstappen NED Red Bull-TAG Heuer
  6. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari
  7. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda
  8. Carlos Sainz ESP Toro Rosso-Ferrari
  9. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes
  10. Nico Hulkenberg GER Force India-Mercedes
  11. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes
  12. Jolyon Palmer GBR Renault
  13. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari
  14. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari
  15. Kevin Magnussen DIN Renault
  16. Daniil Kvyat RUS Toro Rosso-Ferrari
  17. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari
  18. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes
  19. Pascal Wehrlein GER Manor-Mercedes
  20. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari
  21. Rio Haryanto INA Manor-Mercedes

 

Não completou

 

Jenson Button McLaren-Honda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *