Ocupações de escolas obrigam o cancelamento dos Jogos Abertos do Paraná

Danilo

A cidade de Guarapuava iria receber entre os os dias 21 e 29 de outubro os Jogos Abertos do Paraná (Jap’s). Seria a terceira vez que a cidade seria sede do evento que iria reunir 395 equipes de 63 municípios. Durante os nove dias de competição, seriam disputadas 21 modalidades esportivas. Porém, na manhã desta quarta-feira (19) houve a informação que por conta das ocupações dos colégios na cidade de Guarapuava a competição estava cancelada.

Segundo os organizadores do evento na cidade, as escolas e a universidade que seriam alojamentos e locais de competições estão ocupadas, inviabilizando a realização dos jogos. Em nota oficial a secretaria do esporte e turismo disse que “os Jogos Abertos do Paraná fazem parte do calendário oficial do Estado e seu cancelamento acarreta em grande prejuízo para toda a comunidade esportiva. Muitos atletas passaram o ano todo se preparando e treinando para esse momento”.

Segundo o secretario Douglas Fabricio houve várias tentativas de resolver o problemas de alojamentos, mas foi tudo inviável. Ele ainda informou estar triste com o cancelamento. “Estou extremamente triste com essa situação. Fazemos esporte com muito sacrifício. Sabemos do empenho dos municípios e dos atletas para se preparar para os Jogos Abertos do Paraná e infelizmente acontece uma situação como essa. Tentamos de várias formas resolver o problema de alojamento, mas infelizmente foi inviável”, informou

A atleta Juliana Kachenski, iria disputar a modalidade de judô representando a cidade de São José dos Pinhais, para ela a notícia do cancelamento foi uma decepção tremenda. “Um balde de água fria foi jogado em nossas costas. É triste ver que de algum modo toda nossa preparação e dedicação nos treinos não valeu a pena. Porém, mais triste ainda é ver que o governo não investe no esporte”, disse. A atleta ainda completou que os alunos de Guarapuava não têm culpa no cancelamento do Jap’s. “Estão lutando por um direito deles”, completou.

Nossa reportagem ainda tentou um contato com os organizadores do Ocupa Paraná mas ninguém nos respondeu até o fechamento.

Ocupações

Cerca de 700 escolas estão ocupadas no estado do Paraná como forma de protesto contra a reforma do ensino médio proposta pelo governo federal e à PEC 241 que congela os investimentos na educação por 20 anos.

Um comentário em “Ocupações de escolas obrigam o cancelamento dos Jogos Abertos do Paraná

  • 19 de outubro de 2016 em 14:49
    Permalink

    Excelente reportagem!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *