Orlando Luz irá treinar na BTT, base de treinamento da CBT na Europa, com Léo Azevedo

da-redacao-e1458842060344

O atleta Orlando Luz será o primeiro jogador de tênis brasileiro a usufruir de uma parceria formada entre a Confederação Brasileira de Tênis e a BBT Tennis Academy (Barcelona Total Tennis), transformando-a em uma base de treinamento da entidade na Europa.

Proporcionando suporte técnico e financeiro para o atleta que fez sua transição do juvenil para o profissional, a CBT oferecerá condições para que possa treinar em um dos melhores centros da Europa, localizado na cidade de Barcelona, na Espanha.
O local possui 16 quadras de saibro, uma academia de musculação e fisioterapia. Além disso, os melhores técnicos espanhóis integram o corpo da academia. Dentre eles, Francis Roig, que juntamente com Carlos Moyá é um dos técnicos de Rafael Nadal; Jordi Vilaró,  que já treinou um grande número de atletas de elite como Feliciano Lopez, Fernando Verdasco, Tommy Robredo e Anastacia Pavlyuchenkova. Também treina no local o português João Sousa, 38º do ranking da ATP.
O brasileiro radicado na Espanha e um dos coordenadores técnicos da academia, Léo Azevedo, será o técnico de Orlandinho. Ele atuou por oito anos na USTA (Associação Norte-Americana de Tênis), além de já ter trabalhado na Espanha, de 2003 a 2006, na academia de Juan Carlos Ferrero.
“A CBT há muito tempo já oferece um suporte importante na minha carreira, desde o juvenil até este meu primeiro ano de profissional. O ano de 2017 foi de adaptação à carreira profissional, e mais uma vez a CBT comparece para me dar a assistência necessária para que eu possa tentar uma estratégia diferente. Através da parceria com a BBT, a CBT está me proporcionando uma estrutura fantástica na Europa, sendo que serei o primeiro tenista brasileiro a usufruir deste centro. Isto me dará condições de treinar num dos melhores locais do mundo, bem como facilitará a minha logística para participação em torneios na Europa”, ressalta Orlandinho, que possui 19 anos e hoje é o jogador de número 674 do ranking ATP.
“Estamos ampliando nosso leque de investimentos. A parceria com a BTT possibilita que a CBT possa dar ainda mais assistência aos principais jogadores do Brasil. O Orlando está se propondo a fazer algo diferente na carreira, se dispondo a uma dedicação total na Europa. Vamos dar o suporte necessário para que ele consiga atingir o máximo do seu potencial. Acredito na proposta de trabalho da BTT, que terá o Leo Azevedo como técnico responsável por este programa. Há um investimento financeiro neste projeto e, mesmo num momento de redução orçamentária, a CBT não medirá esforços para que se realize”, explica Rafael Westrupp, presidente da Confederação Brasileira de Tênis.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *