Três times paranaenses disputam vagas para elite do vôlei brasileiro

ANA

Buscando espaço na principal competição de vôlei do país, três times do estado disputarão a próxima edição da Superliga B. O torneio será disputado entre 25 de janeiro e 07 de abril e terá o CWB Vôlei – projeto criado e apadrinhado pelo campeão olímpico Giba e Gisele Miró e comandando por Clésio Prado –, o Londrina – coordenado pela ex-jogadora Elisângela Almeida – e o São José dos Pinhais – que tem Washington Araújo como treinador – representando o estado do Paraná.

Em agosto deste ano o CWB Vôlei (Madero CWB) foi vice-campeão da Taça Ouro, que aconteceu em Santo André, e traz o mesmo elenco para o torneio. Na época, a Taça Ouro era a primeira competição nacional que o time disputou e mesmo com a derrota na ocasião, o único representante de Curitiba não se abalou. “Não encaro como uma derrota, mas como uma conquista de um grupo que deu o melhor de si e que acreditou nesse projeto e nessa história de reconstrução do vôlei em Curitiba. A nossa grande medalha foi a união que esse projeto trouxe. A principal lição é que nós podemos! E o envolvimento de cada um para isso foi fundamental”, avaliou Clésio Prado após o jogo, e manter a mesma equipe só mostra que o pensamento ainda permanece o mesmo. A estreia das curitibanas será no dia 27 de janeiro contra o Londrina.

materia volei

O formato e a tabela da temporada 2018 da Superliga B de Voleibol foi definida no dia 29 de novembro em uma reunião na sede da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), no Rio de Janeiro). Na reunião estiveram presentes os representantes de cinco dos seis clubes que irão disputar a 5ª edição do campeonato. Ficou decidido que os seis times participantes se enfrentarão em um turno único entre si. Os dois melhores classificados avançam já direto para as semifinais, e os quatro restantes disputam as outras duas outras vagas pelo sistema de playoff (quartas de final).

Existem algumas novidades interessantes das modificações, uma delas é que nas fases eliminatórias os jogos serão sempre o melhor de dois jogos e, caso necessário, a realização de um Golden Set de 25 pontos. Outro aspecto diferente em relação às temporadas passadas é a quantidade de times que ascendem à Superliga, agora tanto campeão quanto o vice entra na elite do torneio.

Para exemplificar o lado positivo dessa mudança, no ano de 2016, o Clube Curitibano foi o representante da capital paranaense e perdeu na decisão para o Barueri, se fosse nas novas regras, atualmente o Curitibano estaria na elite do voleibol.

Confira a tabela de jogos da Superliga B:

1ª rodada
25/01 – Lavras x Cefa
27/01 – Madero CWB x Londrina
27/01 – São José dos Pinhais x Osasco

2ª rodada
03/02 – Cefa x Madero CWB
03/02 – Londrina x São José dos Pinhais
03/02 – Osasco x Lavras

3ª rodada
08/02 – Madero CWB x São José dos Pinhais
08/02 – Cefa x Osasco
08/02 – Lavras x Londrina

4ª rodada
22/02 – Lavras x São José dos Pinhais
24/02 – Osasco x Madero CWB
24/02 – Londrina x Cefa

5ª rodada
03/03 – Madero CWB x Lavras
03/03 – Osasco x Londrina
03/03 – São José dos Pinhais x Cefa

Quartas de final
10/03 e 17/03

Semifinais
24/03 e 31/03

Final
07/04

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *