Atlético-PR e Grêmio são os times com o melhor futebol em campo

Claudemir dos Santos

A segunda rodada do Campeonato Brasileiro terminou com destaque para a partida entre Grêmio e Atlético Paranaense, que aconteceu no domingo (22), em Porto Alegre. O placar sem gols, para quem não assistiu à partida, dá a impressão de um jogo amarrado e sem perigo de gol. Mas ao contrário, emoção durante os 90 minutos: toque de bola, formação audaciosa, treinadores competentes que estudam a formação dos times. Ainda é muito cedo, mas o clube paranaense pode surpreender na temporada. Fernando Diniz já chamou a atenção quando passou pelo Audax no ano passado, e agora, com tempo para treinar e respaldo da diretoria, pode ir bem mais.

A bola rolou no sábado (21) com o Bahia batendo o Santos no apagar das luzes. O Flamengo lotou o Maracanã para a despedida do goleiro Júlio Cezar. Interessante como esse jogador marcou a história do Flamengo, seu exemplo e liderança impulsionaram o rubro negro na vitória fácil sobre o América-MG.

O domingo pela manhã foi de goleada do Corinthians sobre o Paraná Clube – após 10 anos volta à elite do futebol brasileiro. Mesmo jogando em Curitiba, o timão foi arrasador, destaque para Rodriguinho que merece uma vaga na Seleção de Tite. Sidicley também brilhou em um time bem armado por Carille, candidato muito forte ao título de campeão brasileiro. Apático, o São Paulo só empatou com o Ceará, Chapecoense recebeu o Vasco e ficou no 1 a 1, o Galo mineiro bateu em casa o Vitória, Fluminense bateu o Cruzeiro, jogo que os gandulas sumiram. Palmeiras bateu o Internacional sob a impaciência da torcida no palestra. O porco, ano após ano, investe muito para pouco resultado, mas ainda no papel é o melhor time do futebol brasileiro. Sport e Botafogo fecharam a rodada empatando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *