O Brasil deixou de amar a Copa do Mundo?

Danilo

A frase “todo dia é um 7 a 1 diferente” virou presença constante no vocabulário brasileiro e tem como objetivo falar sobre uma decepção, tragédia, lamento. Talvez seja essa a frase que possamos usar para descrever a empolgação do brasileiro com a Copa do Mundo deste ano. Aliás, é culpa do 7 a 1 essa empolgação toda do nosso país.

A surra que levamos da Alemanha há quatro anos atrás ainda ecoa nos corações do nosso povo e o medo de uma decepção maior com o escreto canarinho faz com que a população não se empolga tanto com o mundial. Afinal de contas é fácil encontrar em lojas de artigos esportivos camisetas da seleção brasileira aos montes e pouca gente comprando. Ok, o preço é absurdo, mas cadê os camelôs vendendo camisas do Brasil? Até o momento só vi um local vendendo camisas da seleção.

O povo perdeu a empolgação? A seleção brasileira não é mais um negócio lucrativo? Perdemos a paixão? Ou só estamos esperando para ver como a seleção de Tite vai se comportar nos primeiros jogos para que aquela empolgação se torne rotineira?

As ruas pintadas, enfeitadas, onde estão? Aqui em Curitiba ainda não achei nenhuma. E bandeira do Brasil nas casas, apartamentos, olha, são bem poucas. Acabou nossa paixão pela Copa?

A verdade meus amigos é que no momento não parece que estamos perto de uma Copa do Mundo? Será que se o hexa vier as coisas mudam para 2022? Vamos aguardar para ver!

Um comentário em “O Brasil deixou de amar a Copa do Mundo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *