Tite peca ao escolher Thiago Silva como capitão

Danilo

O zagueiro Thiago Silva será o capitão do Brasil no jogo decisivo contra a Costa Rica. Sim, vocês leram direito, Thiago Silva será o capitão. Aquele mesmo que quatro anos atrás se derramou em choro antes mesmo da cobrança de pênaltis contra o Chile nas oitavas de final da Copa do Mundo. Aquele que não teve emocional para mexer com o brio do time no momento mais delicado que a seleção passava na Copa do Mundo. Aquele que se recusou a bater um pênalti pois não se sentia confiante. É um capitão desses que precisamos para uma partida decisiva na Copa da Rússia?

Aliás, Thiago Silva nem deveria ter voltado a vestir a amarelinha depois do papelão na Copa de 2014. Ele é um zagueiro bom, mas sempre na hora H ele treme, vacila, sente a pressão. Ele não tem psicológico para partidas decisivas, não sabe comandar uma equipe e nem tampouco consegue mexer com os companheiros.

Claro, falo isso sem estar presente no dia a dia da seleção brasileira, nós não sabemos o que se passa dentro do ambiente do escrete canarinho, mas eu assumo que fiquei muito pistola ao ver ele como o escolhido para ser o capitão do Brasil nessa segunda partida de Copa do Mundo.

É incrível como jornalista tem o dom de queimar a língua, a gente crítica e o cara vai lá e faz uma partida incrível, para o bem do HEXA e da nossa seleção, espero eu que amanhã as minhas redes sociais sejam invadidas de defensores do Thiago Silva, que eu escute um monte e falem que eu só dou palpite furado. Mas me desculpem, mesmo se isso acontecer, ainda vou lembrar de 2014 e daquele choro inconsolável quando a equipe mais precisou dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *