Brasil conquista 15 medalhas e iguala marca de 2014 nos Jogos Olímpicos da Juventude

ASSINATURA DANILO

 

A terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude chegou ao fim na quinta-feira (18), mas o término da competição é apenas o início de mais um sonho para os mais de 4 mil atletas que brigaram por medalhas em Buenos Aires. Para o Time Brasil o fim das Olimpíadas da Juventude é o começo de uma nova safra promissora para o esporte nacional. O Brasil foi representado na Buenos Aires 2018 por 79 atletas e subiu ao pódio em nove modalidades diferentes, conquistando 15 medalhas (duas de ouro, quatro de prata e nove de bronze – sendo duas com equipes multinacionais), igualando o número conquistado em Nanquim quatro anos antes.

Para o Comitê Olímpico do Brasil o desempenho em terras argentinas foi satisfatório e foi um aprendizado para os atletas. “Estamos satisfeitos com os resultados apresentados pelos atletas brasileiros em Buenos Aires. Ainda há muito trabalho a ser feito com esses jovens, mas as 15 medalhas conquistadas em nove diferentes modalidades demonstram que temos uma geração promissora para os próximos anos. Além dos resultados esportivos, o mais importante foi proporcionar a primeira experiência olímpica a eles. Temos certeza que vivenciaram momentos inesquecíveis e que seguirão ainda mais motivados a continuarem se dedicando ao máximo à carreira esportiva”, afirmou Sebástian Pereira, chefe da missão brasileira em Buenos Aires e gerente executivo de Alto Rendimento do COB para o site da entidade.

Os grandes destaques do Brasil nesta edição da Olimpíada “teen” foram o ginasta Diogo Soares, que volta para casa com duas medalhas na bagagem e a equipe masculina e feminina de natação que conseguiu medalhar com todos os atletas. Outra modalidade que se destacou na competição foi o judô que também conseguiu medalhas para os dois representantes do Brasil. O tênis manteve a tradição de medalhas nos Jogos da Juventude e trouxe um bronze.

Os Jogos Olímpicos da Juventude também foram importantes para colocar o Brasil novamente no cenário em algumas modalidades como o atletismo que retorna para casa com dois bronzes nos 200 metros rasos, tanto no feminino quanto no masculino, e no taekwondo que conseguiu um bronze com Sandy Macedo. O boxe também fez um excelente trabalho e conquistou duas medalhas: um ouro e um bronze. Se algumas modalidades voltaram a ganhar destaque, outras entraram na rota de medalhas, como foi o badminton ao conquistar um bronze.

Para o COB, os Jogos Olímpicos da Juventude possuem uma importância estratégica fundamental para a detecção de talentos para o esporte nacional. O presidente Paulo Wanderley falou com exclusividade para o Conexão News que o COB abraçou a ideia do COI com os Jogos Olímpicos da Juventude e que a competição é importante para os atletas conhecerem e se habituarem com o ambiente olímpico.  “O principal é melhorar o motivacional do atleta, fazê-lo se sentir em uma Olimpíada sem ter aquele compromisso da Olimpíada principal. Essa é a visão do COI e nós abraçamos também”, disse.

Confira todas as medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018.

Ouro
Keno Marley – boxe (-75kg)
Equipe masculina de futsal – Breno Bertoline, Caio Valle, Françoar Oliveira, Guilherme Henrique, João Victor Sena, Mateus Barbosa, Matheus Moura, Vitor Henrique, Wesley Reinaldo e Yuri Gavião

Prata
Diogo Soares – ginástica artística (barra fixa)
Ana Carolina Vieira, Fernanda Goeij, Maria Luiza Pessanha e Rafaela Raurich – natação (4x100m livre feminino)
Ana Carolina Vieira, André Calvelo, Lucas Peixoto e Rafaela Raurich – natação (4x100m livre misto)
André Calvelo, Lucas Peixoto, Murilo Sartori e Vitor Souza – natação  (4x100m livre masculino)

Bronze
Letícia Lima – atletismo (200m)
Lucas Conceição – atletismo (200m)
Jaqueline Lima – badminton (equipe mista multinações)
Luiz Gabriel de Oliveira – boxe (-52kg)
Diogo Soares – ginástica artística (Individual Geral)
Duda Vaz – judô (-78kg)
João Vitor Santos – judô (equipe mista multinações)
Sandy Macedo – taekwondo (-55kg)
Gilbert Soares – tênis (simples)

 

jogos olimpicos da juventude

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *