EL Paranaense vai à inédita final da Copa Sul-americana

ASSINATURA CLAUDEMIR

O Furacão voltou a mostrar a sua força no futebol sul americano. Após vencer o Fluminense por 2 a 0 no Maracanã, o Atlético Paranaense é o primeiro finalista da Copa Sul Americana em 2018. O time paranaense chegou a decisão da competição vencendo o primeiro jogo, em Curitiba, pelo mesmo placar de 2 a 0 e aumentando a sua vantagem no jogo da volta no Rio de Janeiro. Em 2005, o time também chegou à final da Taça Libertadores da América, sendo derrotado pelo São Paulo, ficando com o Vice-Campeonato.

O jogo no Maracanã foi de um time só: a equipe bem treinada pelo técnico, Tiago Nunes, fez a sua melhor apresentação na temporada: perfeito na marcação, bem distribuída em campo e com um contra-ataque mortal. O técnico campeão paranaense pelo time Sub-20 do Atlético, no início da temporada, é a revelação do futebol brasileiro. Campanha surpreendente no Brasileirão (briga até a última rodada pelo G6) e na Sul Americana, o time atleticano está voando.

Desta vez o título merece vir a Curitiba, o furacão bateu na trave várias vezes quando disputava as decisões mais importantes do futebol. Depois de conquista o título de Campeão Brasileiro em 2001, ficou no quase no Brasileirão de 2004, disputou a Libertadores de 2005, chegou perto em 2013 na Copa do Brasil (perdeu para o Flamengo) e agora tem uma nova chance.

Já o Fluminense, treinado pelo vitorioso treinador, Marcelo Oliveira, está à beira do caos. Um time que fica há 800 minutos sem marcar um sequer golzinho, deixa qualquer um preocupado. O torcedor que foi ao Maracanã (quase 38 mil fãs), viu um time desorganizado em campo que sequer ameaçou o gol do goleiro do Atlético PR. Domingo joga à vida para não manchar a sua história pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Um empate salva. Tricolores das laranjeiras, cruzem as mãos e rezem muito.

Foto: Miguel Locatelli / Divulgação / Site Oficial Clube Atlético Paranaense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *