Brasil conquista o bronze no revezamento 4x100m livre no Mundial de piscina curta

ASSINATURA DANILO

Não demorou muito para o Brasil subir ao pódio no mundial de piscina curta que está sendo realizado em  Hangzhou, na China. O quarteto formado por Matheus Santana, Marcelo Chierighini, Breno Correia e Cesar Cielo se deu bem na final do 4x100m livre e terminou a prova no terceiro lugar, com o tempo de com o tempo de 3m05s15, garantido o bronze. O ouro ficou com os Estados Unidos e a prata com a Rússia.

Essa foi a quinta medalha do Brasil no revezamento 4x100m livre masculino em Mundias de piscina curta: o Brasil já foi ouro em 1993 e 1995; conquistou a prata em 2004 e o bronze em 2010. Com a conquista desta terça-feira (11), o nadador Cesar Cielo se tornou o maior recordista brasileiro em Mundiais de piscina curta, com 11 pódios contra 10 de Gustavo Borges.

O campeão olímpico de 2008 também se tornou o atleta brasileiro com mais medalhas na história de campeonatos mundiais, contando todas as modalidades olímpicas, ele estava empatado com Robert Scheidt com 17 medalhas, agora o nadador está com uma medalha a mais. Vale lembrar que na quantidade de ouros Scheidt tem 12 contra 11 de Cielo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *