Brasil fica em um grupo “tranquilo” na Copa América 2019

ASSINATURA CLAUDEMIR

A seleção brasileira caiu em um grupo tranquilo na Copa América 2019, o time canarinho estreia diante da Bolívia, no dia 14 de junho, no Morumbi em São Paulo. O time de Tite ainda terá que enfrentar Venezuela e Peru no grupo A. No grupo B, a rival Argentina jogará com Colômbia, Paraguai e Catar. Já o Uruguai terá pela frente Chile, Japão e Equador no grupo C.

O caminho poderá ser considerado fácil, um alívio para o técnico Tite que sabe que o contrato que vale até 2022, poderá não durar até o fim caso um desempenho pífio aconteça. O Brasil não passa das quartas de final desde 2007, quando naquela edição os comandados de Dunga ganharam a competição contra a Argentina. A seleção canarinho entra pressionada ainda mais com essa “baba” que é enfrentar uma Bolívia que não representa perigo algum quando joga longe da altitude, uma Venezuela sem tradição no futebol e um Peru que anda muito “mal das pernas”.

O sorteio foi realizado no dia 24 de janeiro, na Cidade das Artes, na Barraca da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Pelo grupo A ficou ainda definido que o Brasil jogará contra a Venezuela no dia 18 de junho, às 21h30, em Salvador, e o fechamento da chave acontece em São Paulo, na Arena Corinthians, quando a Seleção Brasileira enfrentará o Peru no dia 22, às 16h00.

O Uruguai em “tese” pegou um grupo mais difícil ao lado do Chile (atual campeão), convidado Japão e o Equador. A Argentina que pode não contar com o seu principal jogador, Leonel Messi, poderá ter alguma dificuldade com o Paraguai. Os Hermanos já declararam à imprensa que a Copa América não é prioridade para eles. Se discute por lá um plano para a conquista da Copa do Mundo em 2022.

Na festa o destaque ficou por conta da participação de “estrelas” do nosso esporte, entre os destaques, a gloriosa Marta, Zé Roberto e Zico. Ainda do futebol da América do Sul, Lugano (Uruguai), Javier Zanetti (Argentina), Francisco Maturana (Colômbia) e Romerito (Paraguai). O ex-lateral direito Cafu também ajudou no cerimonial do evento.

O ex-jogador da Seleção Brasileira, Ronaldinho Gaúcho, não participou diretamente da organização do sorteio, mas foi destaque ao mostrar o rabisco do que vem a ser a bola oficial da competição. Gaúcho até lembrou da sua participação em 1999 em uma goleada de 7 a 0 que o Brasil aplicou na Venezuela pela Copa América.

Por fim, a Seleção Brasileira já definiu a sua logística para treinamentos durante a Copa América. Na primeira fase, antes dos jogos em São Paulo, o Brasil ficará nos CTs do São Paulo e Palmeiras. Em Salvador, a escolha da preparação ficou no Barradão, estádio do Vitória. Caso avance para as próximas fases: Porto Alegre (CT do Grêmio), Belo Horizonte (Cidade do Galo) e Rio de Janeiro são os prováveis destinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *