Pilates auxilia na hipertrofia muscular

da-redacao-e1458842060344

Será que é possível ganhar massa muscular com pilates? Para entender a participação do método nesse processo, é preciso ressaltar que o pilates prioriza o equilíbrio total do corpo, não tendo como principal objetivo a hipertrofia (aumento da área e do comprimento dos músculos).

No entanto, o pilates proporciona melhora da flexibilidade, da consciência corporal, da coordenação motora e do tônus muscular, que integrado a um programa de musculação, contribuir de forma expressiva como a definição da musculatura e a melhora no alto rendimento.

Segundo Flavio Siqueira, instrutor da MetaLife, “as capacidades físicas como força, flexibilidade, potência e resistência são diferentes entre as pessoas. A flexibilidade é extremamente importante e na maioria das vezes é deixada de lado. Por conta disso, alguns praticantes de atividade física e atletas de alto rendimento não conseguem desenvolver a musculatura como poderiam, e é aqui que entra a eficácia e a necessidade dos treinos de pilates. Quanto mais flexibilidade, maior é a capacidade de gerar tensão e contrair o músculo com eficiência “.

Confira o treino sugerido:

Exercício 1: Single Leg no Reformer
Benefício: fortalecimento das coxas
• Posição inicial: apoie um calcanhar na barra, e deixe a outra perna estendida por cima da barra.
• Execução: inspire para empurrar o carrinho e, na expiração, retorne à posição inicial flexionando o joelho.
• Repetições: 12

Exercício 2: Segunda Posição Paralelo no Reformer
Benefício: fortalecimento das coxas
• Posição inicial: posicione os calcanhares na barra e mantenha os joelhos alinhados na distância do quadril.
• Execução: inspire para empurrar o carrinho e na expiração, retorne à posição inicial flexionando o joelho.
• Repetições: 1

Exercício 3: Remada Fechada no Reformer
Benefício: fortalecimento de costas e bíceps
• Posição inicial: sentado em cima da caixa do Reformer, deixe a coluna em posição neutra e os braços estendidos.
• Execução: inspire para preparar e, ao expirar faça a puxada mantendo o cotovelo junto ao tronco. Inspirando, controle o retorno à posição inicial.
• Repetições: 12

Exercício 4: Remada Aberta no Reformer
Benefício: fortalecimento de costas e ombro
• Posição inicial: sentado em cima da caixa do Reformer, deixe a coluna em posição neutra e os braços estendidos.
• Execução: inspire para preparar e, ao expira puxe o equipamento com o cotovelo na altura dos ombros. Inspirando, controle o retorno à posição inicial.
• Repetições: 12

Exercício 5: Crucifixo no Reformer
Benefício: peitoral e tríceps
• Posição inicial: sentado na caixa do Reformer, deixe a coluna em posição neutra e os braços abertos, como que “abraçando a árvore”.
• Execução: inspire para preparar e, ao expirar aproxime os braços de forma a mover o carrinho para trás. Inspirando, volte os braços para a posição inicial, controlando o retorno.
• Repetições: 10

Exercício 6: Punch no Reformer
Benefício: peitoral e tríceps
• Posição inicial: sentado na caixa do Reformer, deixe a coluna em posição neutra e os braços flexionados e elevados na altura dos ombros.
• Execução: inspire para preparar e, ao expirar estique os braços para mover o carrinho para trás. Inspirando, volte à posição inicial, controlando o retorno.
• Repetições: 10

Exercício 7: Tríceps em pé – Cadillac
Benefício: tríceps
• Posição inicial: em pé, ao lado do Cadillac, deixe as pernas afastadas na distância do quadril, a coluna em posição neutra, as mãos segurando a barra e os cotovelos encaixados junto ao tronco.
• Execução: inspire para preparar e, ao expirar estenda o cotovelo para baixo. Inspirando, volte os braços para a posição inicial, controlando o retorno.
• Repetições: 12

Exercício 8: Bíceps em pé – Cadillac
Benefício: bíceps
• Posição inicial: em pé, ao lado do Cadillac, incline o corpo para frente, mantenha os pés paralelos, a cabeça erguida olhando para frente e deixe o tórax aberto. Os braços devem ficar estendidos um pouco atrás da linha do corpo.
• Execução: inspire para preparar e, ao expirar flexione o cotovelo. Inspirando, volte os braços para a posição inicial, controlando o retorno.
• Repetições: 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *