Seleção Feminina de Rugby vence o Hong Kong Sevens e garante vaga na elite

da-redacao-e1458842060344

O rugby nacional mais uma vez fez história! Na madrugada desta sexta-feira (5), a Seleção Brasileira Feminina de Rugby Sevens conquistou pela primeira vez o título do World Rugby Women’s Sevens Series, o famoso Hong Kong Sevens. Com isso, o Brasil garantiu uma vaga na elite do rugby mundial e, pela segunda vez, estará entre as equipes fixas da Série Mundial de Sevens.

“é uma alegria que não dá para definir. Parece que ainda não caiu a ficha, porque trabalhamos tanto para chegar nesse momento e a gente obteve nossa recompensa. O título foi fruto do nosso trabalho”, ressaltou Raquel Kochhann, capitã das Yaras. “É indescritível, nós trabalhamos muito duro para conquistar esse título. É um sentimento incrível”, complementou Izzy Cerullo, após a conquista histórica.

O título brasileiro veio após campanha perfeita, com seis vitórias em seis jogos. Após terminar em primeiro no grupo C, o Brasil venceu pela segunda vez o Cazaquistão (21 a 5), nas quartas de final, e o Quênia (17 a 5), na semifinal.

Na grande final, as Yaras enfrentaram a tradicional Escócia e levantaram a taça após vitória incontestável por 28 a 19, com tries de Aline Furtado, Bianca, Thalia e Leila.

Com a conquista, o Brasil se credenciou pela segunda vez para a disputa da Série Mundial de Sevens, a elite mundial, para a temporada 2019/20. A primeira e única vez que a equipe tinha alcançado tal feito, havia sido na disputa dos Jogos Rio 2016, quando terminou em nono lugar e garantiu uma das 11 vagas fixas na temporada seguinte (2016/17).

Em Hong Kong, o Brasil contou com as seguintes atletas: Aline Furtado, Aline Bednarski, Bianca Silva, Isadora Cerullo, Isadora Lopes, Franciele Martins, Leila Silva, Haline Scatrut, Raquel Kochhann, Rafaela Zanellato e Thalia Costa.

 

Resultados do Brasil no Hong Kong Sevens

Fase de grupos:

– Brasil 14 x 12 Polônia

– Brasil 14 x 12 Cazaquistão

– Brasil 26 x 24 Argentina

Fase final:

– Brasil 21 x 5 Cazaquistão (quartas de final)

– Brasil 17 x 5 Quênia (semifinal)

– Brasil 28 x 19 Escócia (final)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *