Um Grand Slam no Brasil é uma ótima notícia para o judô nacional

ASSINATURA LEANDRO

O Brasil recebeu nessa semana uma notícia que agradou todos os amantes do Judô. Após um hiato de sete anos nós vamos volta a sediar uma etapa do Circuito Mundial, dessa vez com o Grand Slam de Brasília. A última competição da Federação Internacional de Judô (FIJ) no Brasil foi o Campeonato Mundial em 2013, no Rio de Janeiro, onde os brasileiros honraram as cores nacionais e lutaram para valer.

O Grand Slam vai acontecer entre os dias 06 e 08 de outubro desse ano. A proposta da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e da FIJ é que a competição ocorra em 2019 e 2020. O torneio distribui até 1000 pontos para o ranking mundial, o qual classifica para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Uma etapa do Circuito aqui no Brasil é sensacional pois mostra que realmente a CBJ busca melhorar o desempenho dos atletas, como já veio melhorando nas últimas competições. Esse Grand Slam vai fazer ressurgir a história brasileira fora do país.

Preparei um retrospecto para vocês lembrarem de como foram as últimas duas competições a nível mundial em tatames brasileiros. No Mundial de 2013 Rafaela Silva  foi campeã e estivemos em outras três finais no campeonato, com o Rafael Silva, Maria Suelen Altheman e a já aposentada Érika Miranda. Também teve os bronzes de Sarah Menezes e Mayra Aguiar.

Já nas olimpíadas do Rio em 2016 foram 3 medalhas: o ouro de Rafaela Silva e os bronzes de Mayra Aguiar e Rafael Silva. Em três anos, tivemos uma caída no nível de medalhas, claro, nada se compara a um Jogos Olímpicos, onde os atletas estão muito mais focados e preparados. Mas se repararmos um pouco, o Brasil teve uma baixa de três medalhas entre os anos de 2013 e 2016, preocupante, não é?

Com certeza teremos os melhores atletas do Brasil e do mundo em outubro na cidade de Brasília. Mas os atletas brasileiros têm a vantagem de lutarem em casa. Espero que o Brasil “invada” todos os pódios da competição e orgulhe nós torcedores que estamos tão ansiosos quanto eles para esse Grand Slam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *