Caso Sidão: o bom senso como remédio para conter a zoeira

ASSINATURA CLAUDEMIR

A quarta rodada do Brasileirão ganhou destaque nos bastidores de um dos detentores dos direitos de transmissão do Campeonato. Durante a transmissão da partida entre Santos e Vasco, a Rede Globo de Televisão lançou a tradicional enquete virtual “Craque do Jogo”, para a galera da rede participar. Enquanto os internautas se manifestavam, o Santos já vencia por 2 a 0, com certa tranquilidade, graças a um dia infeliz do goleiro Sidão do Vasco. O jogador foi mal, principalmente na primeira etapa, estava todo atrapalhado e falhou feio no primeiro gol. O quadro de destaques da Globo foi feito para homenagear com um troféu aquele que foi o melhor da partida, acontece que no domingo (12), o público “zoou” ou “solidarizou” com o Sidão e massivamente (92%) escolheram o atleta. O narrador e os comentaristas já tinham detectado pelas parciais, que deveria ter sido feito durante a transmissão era simplesmente apontar peso de voto dos comentaristas para aquele que foi de fato o melhor em campo. Um pedido de desculpas, duas horas depois do ocorrido, foi satisfatório, mas a vergonha que o goleiro passou era totalmente evitável. Devemos dar voz às redes, mas a função de filtrar e conter o “rídiculo” é nossa responsabilidade.

Nos gramados a bola rolou e o Palmeiras manteve a escrita iniciada pelo técnico Felipão, já são 27 jogos de invencibilidade, uma conquista que começou quando o gaúcho chegou ao Palestra Itália no início do semestre do ano passado. O Verdão possui elenco, um dos maiores investimentos, pode conquistar as três competições que está disputando, mas o futebol brasileiro tem o seu nivelamento, é isso que não deixa a disputa “perder a graça” por aqui. O Galo Mineiro perdeu para o Palmeiras por 2 a 0, jogando no Independência. No clássico carioca entre Fluminense e Botafogo, melhor para a Estrela Solitária que venceu por 1 a 0. Corinthians e Grêmio ficaram no 0 a 0, jogo feio, time dos Pampas pensando em outras competições, novamente Renato Gaúcho repete esta estratégia, já o Timão está duro de acompanhar. Goiás venceu o Ceará por 2 a 1.

No domingão de futebol. Flamengo jogando diante de 60 mil pessoas no Maracanã, venceu a Chapecoense por 2 a 1. Diego ainda teve a proeza de perder um pênalti, para o desespero dos cartoleiros de plantão. Jogando no Beira Rio, Internacional venceu de forma convincente o Cruzeiro, time mineiro está queda livre nos últimos jogos. Abra o olho Mano Menezes. Eu já disse que o Interncional tem um bom time, pode conquistar a Libertadores, mas para conseguir o feito precisa saber jogar fora de casa. No jogo de homenagens a Rogério Ceni, Fortaleza perdeu para o São Paulo, o time do Morumbi está na terceira posição, divide a liderança com Palmeiras e Santos, é uma das surpresas agradáveis, Cuca conseguiu acertar o time com os “meninos”, mas para continuar na ponta precisa de elenco, isso o tricolo não tem. O “rei dos empates”, CSA conseguiu um ponto fora contra o Avaí e o Athletico Paranaense venceu o Bahia na Arena da Baixada por 1 a 0.

Libertadores

Em tempo, saíram os confrontos das oitavas de final da Libertadores da América: River Plate e Cruzeiro, Godoy Cruz e Palmeiras, Emelec e Flamengo, LDU e Olímpia, Athletico Paranaense e Boca Juniors, Nacional e Internacional, Grêmio e Libertad, Cerro Porteno e San Lorenzo. Analisando os confrontos, pedreiras para Athletico e Cruzeiro, principalmente o Furação que terá a decisão na Bombonera. Facilidade para os lados do Palmeiras e Flamengo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *