O apagar das luzes foi decisivo na rodada do Brasileirão

ASSINATURA CLAUDEMIR

Foi teste para cardíacos essa 6ª rodada do Brasileirão. Os torcedores do Flamengo e Fortaleza podem até ter perdido as esperanças durante o jogo, mas o resultado veio no finalzinho no empate entre Fortaleza e Vasco, e na vitória do Flamengo sobre o Athletico Paranaense. O VAR (recurso tecnológico usado em situações de penalidades máximas, aplicação de cartões e impedimentos) foi muito usado e decidiu com justiça os lances de Palmeiras e Botafogo, Santos e Internacional, Flamengo e Athletico PR, e Bahia e Fluminense. Há reclamações nos vestiários, mas não há evidências para contestar uma ferramenta do futebol mundial muito bem aplicada nos campeonatos.

Eu vi um Flamengo vencer o time paranaense muito mais por conta da inexperiência da equipe de Thiago Nunes, uma perda infantil de bola com Marcelo Cirino, ocasionou o empate e outra bobagem do Erick na virada do Mengão. O time de Abel Braga viu uma aula de organização tática dos reservas (apenas 3 titulares do Furacão entraram em campo), esse time da Gávea tem recursos, bons jogadores, elenco, mas falta padrão de jogo e a culpa é do Abel. Ganhou esse jogo na raça e pelo rendimento de uma equipe com investimento pesado para fazer frente ao Palmeiras, mas consegue ficar atrás do Corinthians na classificação, alguma coisa está errada. A torcida tem razão, pois é muito pouco o rendimento apresentado na temporada.

Já o Corinthians foi bem contra o São Paulo nesta rodada, venceu, fator casa ajuda muito o time, mas continuo apontando a necessidade de contratação de um lateral esquerdo, zagueiro, meia e atacante de qualidade para esse time continuar na briga por uma das vagas à Libertadores. O Fábio Carile conseguiu acertar em uma semana o sistema defensivo do time, não tomou gols contra o Athletico PR, na Sul Americana e agora contra o São Paulo. Se você comparar com o Flamengo, por exemplo, os cariocas são a segunda pior defesa do campeonato. Em uma briga por Libertadores, isso pesa. Quanto ao time do Morumbi, há de reconhecer a limitação do elenco, Cuca fez milagre em alguns jogos, se não reforçar esse elenco, pode patinar e ficar fora do grupo pela Libertadores.

Santos e Internacional fizeram um jogo chocho, não gostei da atuação do Santos, acredito no trabalho do Sampaoli, mas se não reagir rápido sabemos como funcionam as coisas no Brasil. O presidente do Peixe já andou rebatendo a declaração do treinador sobre os reforços. Bahia e Fluminense também fizeram um bom jogo, mais uma vez o Bahia montou um bom time e pode ser uma surpresa agradável no primeiro lado da tabela de classificação. Resultados grandiosos foram as vitórias da Chapecoense sobre o Cruzeiro e do Ceará contra o Avaí, todas fora de casa. O sinal amarelo já acendeu faz tempo na Toca da Raposa e agora com essa denúncia de lavagem de dinheiro e dívidas milionárias, divulgadas pelo Fantástico neste domingo, tornaram a temporada muito difícil para o Cruzeiro. O CSA finalmente venceu a primeira, ganhou do Goiás em casa, por outro lado, o verdão goiano perdeu a chance de assumir a vice-liderança. Grêmio também conseguiu os primeiros três pontos sobre o Atlético MG e o Palmeiras manteve a liderança folgada ao bater o Botafogo fora de casa. E o azar de Vanderlei Luxemburgo continua, mais um resultado amargo no apagar das luzes, desta vez foi contra o Fortaleza no Castelão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *