Seleção feminina de vôlei estreia contra a China na Liga das Nações

ASSINATURA DANILO

Começa nesta terça-feira (21) a caminhada do Brasil na Liga das Nações, o primeiro adversário vai ser a China, algoz do time comandado por Zé Roberto Guimarães na Rio-2016. O duelo será no ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF). Ainda na primeira semana de competição as meninas do Brasil vão enfrentar República Dominicana e Rússia, também em Brasília.

O Brasil vem esse ano em busca do primeiro título na Liga das Nações, no ano passado elas terminarão em quarto lugar e o título ficou com os EUA, a Turquia com a prata e a China faturou o bronze. A fase final da Liga das Nações será disputada na China entre os dias 3 e 7 de julho e além da anfitriã, vai reunir as cinco seleções mais bem colocadas na fase classificatória.

Na fase classificatória da competição, a cada semana são formados quatro grupos com quatro seleções cada, definidos em sorteio. As partidas são disputadas de  21 de maio a 20 de junho. Após essa primeira semana de disputadas em solo brasileiro, o time de Zé Roberto Guimarães viaja para Holanda, onde enfrenta as donas da casa, a Polônia e a Bulgária entre os dias 28 e 30 de maio. Na terceira semana da competição o Brasil vai jogar nos EUA de 4 a 6 de junho contra as norte-americanas, alemãs e sul-coreanas.

Na quarta semana de disputas entre 11 e 13 de junho, o Brasil vai para Tóquio, no Japão, enfrentar as japonesas, a Tailândia e a Sérvia. Na última semana da fase classificatória as meninas do Brasil vão enfrentar medir forças na Turquia contra as anfitriãs, Itália e Bulgária.

O comandante José Roberto Guimarães falou sobre as expectativas para a primeira semana de disputas e para o restante da Liga das Nações. “A China vem com um time que jogou o torneio de Montreux. É uma equipe está com bastante ritmo de jogo. A escola chinesa é muito boa. Sabemos da qualidade técnica e da velocidade da China. Para nós vai ser bom para nos adaptarmos a esse estilo de jogo. A expectativa é para uma boa partida. Vamos usar a Liga das Nações como preparação para a nossa principal competição do ano que é o Pré-Olímpico”, informou.

O pré-olímpico do vôlei será disputado de 2 a 4 de agosto pouco antes do Pan-americano de Lima. o Brasil será sede do Grupo D da disputa feminina que vai reunir, além da equipe verde-amarela, a República Dominicana, Camarões e Azerbaijão. Os campeões dos grupos se juntarão ao Japão nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Caso o Brasil não conquiste a vaga terá outra oportunidade em janeiro de 2020 na qualificação olímpica organizada pela Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *